terça-feira, 14 de outubro de 2014

E JÁ VOLTAMOS!!!

E voltamos!

E mais uma vez, tivemos experiências fantásticas!

Como já havia contado, este ano optamos por dispensar o barco-hotel e partimos para uma pousada.
Fomos para a POUSADA ITAPARÁ, em Roraima.



A beira do rio Itapará, a pousada fica no meio do nada, com mato por todos os lados.
Mas, como foi legal!!!

Na ida, o tradicional: Guarulhos/Manaus, com pernoite no já conhecido Hotel Tropical.
Desta vez ficamos no prédio vertical, pois estamos muito velhinhos pra ficar andando no outro prédio...

Como era domingo de eleição, prevenidos, fizemos nosso requerimento de “voto em trânsito” e cumprimos nosso direito/dever na capital dos amazonenses.
Que esse “voto em trânsito” traga boa sorte para o nosso sofrido Brasil.

Após, rápida passada no hotel e fomos procurar lugar para almoçar/jantar (já eram mais de 16 horas).
Procura que procura, fomos a duas churrascarias que estavam fechadas.
Acabamos caindo em um shopping, optando por comer na churrascaria Barbacoa (deve ser filial da paulistana).
Rapaz... Entramos lá as 17hrs e conseguimos sair só as 21hrs!!!
Se a comida estava ÓTIMA, o atendimento foi inversamente proporcional.
Coisas de Amazônia.

Dia seguinte, de manhazinha, rumo ao aeroporto “Eduardinho”, para pegar nosso avião Caravan, rumo a pousada.

O "nosso" Caravan.



O voo foi tranquilo.
Mas se você tem claustrofobia, não aconselho...
O avião é pequeno. Você fica apertadinho lá dentro.
Mas foi só uma hora e meia de viagem.
Da pra aguentar.






O voo é tão tranquilo que dá até pra dormir.



E sempre rende boas paisagens.


Tem que ser bom pra achar essa "pistinha
no meio de todo esse mato...




No Caravan, 9 pescadores.
O resto foi em um avião ainda menor, acho que era um Navajo.
Mas neste eu nem entrei.





Fomos recebidos na pousada pela Ju e pela Adriana, com copos de um ótimo suco de “araçaboi”.
Apesar do nome esquisito, o negócio é realmente bom!!!




A pousada é top.
No meio do nada, tem um atendimento impecável, tudo muito limpo, brilhante.
Comida farta e boa.
O staff é gentil e eficiente.
No geral, acho que ninguém teve nada do que reclamar.

Café da manhã de hotel 5 estrelas, com direito 
a PASTEL, COXINHA e ESFIHA!!!

E, sempre esperando a gente, o "Tião", um dos quatro imensos JACARÉS que ficam sempre marcando ponto perto da pousada.







A pescaria, porém, não foi exatamente uma maravilha.
O rio ainda estava muito alto.
Acho que todo mundo pegou algum peixinho.
Mas não foi um festival.
Porém, isso é coisa de pescaria mesmo: um ano, pega-se tudo. No ano seguinte, talvez não se pesque nada.





Nosso "neófito" ARREBENTOU!!!





Um detalhe.
Apesar de quase não ter insetos (o rio tem águas escuras), tive um "encontro" com umas "mutucas" (ou coisa parecida), que não foi nada agradável.
Esses bichinhos tem o habito de atacar coisas na cor PRETA.
Eu, apesar de possuir um belo bronzeado "branco-escritório", tinha no pulso da mão direita, uma munhequeira preta.
Os bichinhos atacaram com gosto!!!
Minha mão direita ficou toda pintada de picadas dessas pestes.
Mas tudo se resolveu quando coloquei uma luva branca, marca GLOVETEX, fornecida pelo Lauro.


(Deuducéu, que figura...)


VALEU LAURÃO!!!


Na volta, mais aviãozinho, parada no aeroporto, almoço em um restaurante de pratos típicos ("O Lenhador") e São Paulo.

Digno de nota foi o desembarque em Guarulhos, quando nossos "tubos" de varas ficaram presos no avião, porque quebrou a esteira.
Bom, a Copa do Mundo já acabou mesmo...
Pra que manter o aeroporto funcionando direito, não é verdade?

Enfim, foi tudo bom.
Vamos ver se voltamos pro ano que vem, no que será a 15ª viagem do grupo TUCUNASAMPA!!!







AGUARDO FOTOS E COMENTÁRIO 
PARA COLOCAR AQUI!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE COM MODERAÇÃO.
SENÃO, SERÁ CENSURADO.
ATENÇÃO: SE NÃO ESTIVER CONSEGUINDO POSTAR SEU COMENTÁRIO, EXPERIMENTE, NA CAIXA "COMENTAR COMO", LOGO ABAIXO, MARCAR "ANÔNIMO". MAS NÃO ESQUEÇA DE ASSINAR SEU COMENTÁRIO.